sexta-feira, 28 de julho de 2017

Flanando e descobrindo Atenas

Depois da sensacional visita à Acrópole, o que mais eu poderia fazer? A alma já estava preenchida de emoção e qualquer outra atração seria pequena.
Mas caminhar é preciso e lá fui eu andando um pouco sem rumo pelas ruas de Atenas...
 
Fui ao encontro do monumental Arco de Adriano, construído pelos atenienses em homenagem ao Imperador Romano no ano de 132 d.C. O Arco marca os limites da parte antiga de Atenas e da parte nova, a cidade de Adriano, uma vez que Adriano aumentou a cidade fundando novos bairros ao norte do Templo de Zeus Olímpico. 
  
Logo atrás do Arco de Adriano, encontra-se o Templo de Zeus Olímpico. Não paguei nada para ver, pois não há muros e atrás das grades podemos fazer belas fotos.
Que flagra!

Chama atenção a beleza dessa avenida arborizada, onde passa o Tramway de Atenas. À esquerda um grande parque.
 
Seguindo em direção ao parque, cheguei em uma grande avenida e lá vamos nós esbarrar na história com mais escavações de um sítio arqueológico. Termas Romanas do séc. IV d.C.
O local foi descoberto durante escavações para construção do poço de ventilação de uma das linhas do metrô de Atenas.

Não é incrível????

Poucos metros depois, já podia ver o elegante edifício neoclássico que abriga o Parlamento Grego.
O edifício foi, inicialmente, construído para ser o Palácio do Rei Otto e da Rainha Amalia, no século XIX. A partir de 1935 torna-se a sede do Parlamento. No muro principal está o Túmulo do Soldado Desconhecido.
Os soldados ficam imóveis à frente do Parlamento. De hora em hora, saem da sua posição para a cerimônia de troca. Eu não perco a oportunidade de fazer uma graça...
Túmulo do Soldado desconhecido
Essa cerimônia de troca, não chega a ser a "troca da guarda"; na verdade, os soldados apenas trocam de lugar. A cerimônia completa da troca da guarda acontece sempre aos domingos às 11 horas da manhã. E, obviamente, eu não perdi. Vocês poderão conferir no próximo post.
É uma coreografia muito bem ensaiada. Já fiquei imaginando como seria a cerimônia do domingo.
E do outro lado está a Praça Syntagma (Constituição), cercada de hotéis 5 estrelas, lojas e restaurantes. 

Eu ouvi música eletrônica, bolas coloridas, gente alegre, arco-íris... movimento LGBT bombando em Atenas, no mês do orgulho gay.
Fugi da agitação das lojas da Rua Ermou e entrei na rua Mitropoleos,  mais tranquila, e pelo caminho fui tendo surpresas...
A igrejinha sobreviveu ao progresso e à construção de um prédio comercial
 
E sem que eu estivesse procurando, surge a sensacional Catedral Metropolitana de Atenas ou Catedral da Anunciação da Virgem Maria, datada de 1842. 

 
A Catedral é ricamente decorada com ícones da Igreja Ortodoxa Grega
 
Praça Mitropoleos
Ao lado da Catedral, uma Igreja do Séc. XI

Detalhes da decoração da fachada da Igreja

Achei tão surpreendente ter encontrado tanta coisa na minha caminhada que, apesar do cansaço, continuei andando e cheguei ao bairro de Monastiraki.
Comércio farto, barracas de frutas - comprei 1 kg de cerejas por 1,70 Euros!!!

Eu estava quase arrependido de não ter comprado o ingresso de 30 Euros para visitar todos os sítios arqueológicos, mas concluí que fiz a melhor opção, basta ver as fotos abaixo:
 
Biblioteca de Adriano - construída entre 132 e 134 d.C.


Ágora Romana, também conhecida como Ágora de César e Augusto. Foi construída no séc. I d.C.



Relógio de Andrônico de Cirro, utilizado como relógio hidráulico e solar, cataventos e planetário.
Ruínas de uma Igreja, próxima da Ágora Romana


E depois de andar o dia inteiro, pausa mais que merecida para um Spritz no Yaria Café no bairro de Plaka. Um lugar que foi uma excelente descoberta. Uma delícia ficar ali, ouvindo música, vendo a vida passar...

2 comentários:

  1. Olá Jorge, bom te receber de volta ao meu Berço. Atenas faz lembrar Roma num ponto, é muita história a céu aberto. Adorei essa pequena capela debaixo de um prédio normal.
    Abraço
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ruthia
      Achei a Grécia parecida com alguns países que já visitei. Tem o lado italiano, o lado turco. Um país lindo.
      Beijos

      Excluir

Curtiu a viagem? Então comente e deixei o blogueiro feliz!

Balcão de Perguntas

Nome

E-mail *

Mensagem *